POLÍTICA OU POLÍTICAGEM



Incrível como as pessoas se sentem envergonhadas com a corrupção que anda a galope e continuam votando nos corruptos notoriamente conhecidos por suas roubalheiras. Será que Freud explica isso também?

O maioria do povo brasileiro gosta mesmo é de ficar sentado vendo as notícias da televisão, ruminando seus ódios e insatisfações,e quando muito mandam um e-mail desaforado para os deputados registrando toda a sua indignação cidadã. No entanto, é só a mídia parar de falar no assunto que tudo é esquecido, até mesmo perdoado e com essa memória coletiva nacional de galinha, já cantada e decantada por inúmeros políticos, vamos andando rumo ao desconhecido conhecido, visto que promessa de político e risco n‘água é a mesma coisa.

O nobre governador do DF, apesar de tão jovem, parece que já sofre do mal do esquecimento. Se não me engano eu o vi no programa eleitoral falar, várias e várias vezes, que, quando eleito, iria ser o Secretário da Saúde também, porque, como médico, ele sabia como fazer para resolver o caos da saúde no DF.

Ganhou, passou a eleição e tudo voltou a ser como antes. Agnelo já escolheu e divulgou o nome do novo Secretário de Saúde que, por sua vez, já noticiou à imprensa que vai construir muitos hospitais. Muitas obras! Será que o novo Secretário, com todo respeito, entende de Gestão de Serviços de Saúde... Do jeito que o andor vai andar, a saúde vai continuar no caos. Todos sabem, até o gari da esquina, que o problema da saúde é o de salários baixos, e que o governo tem mesmo é investir em remuneração digna, que permita aos médicos e aos profissionais da saúde se dedicarem ao atendimento profissional e a cumprirem as horas estabelecidas de trabalho. O que falta, ainda, é reciclagem do recurso humano disponível, aquisição contínua de medicamentos, manutenção dos equipamentos, roupas de cama, mobiliários, e principalmente gerenciamento.

Eu já ia me esquecendo, com essa memória de galinha que nós temos ninguém questionou o descumprimento das promessa do Agnelo.

MCNetto
18/02/2011